sábado, 9 de maio de 2009

eu só sonhei desde o começo.

...
.e aí depois do terceiro chivas eu começo a ligar pra pessoas que poderiam estar acordadas.
são quase 6 da manhã.
eu consigo dois amigos.
um desliga na minha cara.
o outro me manda um beijo finje que entendeu o que eu falei do lado do retorno do som da boate e desliga na minha cara também.
eu nem tenho crédito pra ligar pra quem eu queria.
eu nem tenho o telefone de quem eu queria de tanto celular que eu ja perdi nessa vida.
mas foda-se.
eu pego meu carro e vou atráz de gandaia.
mas nem acho.
cabelos brancos não acho nem os meus.
nem na esquina. nem na curva da augusta. nem em lugar nenhum.
até tem gente. mas nem sei quem é.
tinha um tempo que sempre tinha um melhor amigo acordado.
dentro ou fora de casa.
era só dar um toque.
o que esta acontecendo com a gente?
eu não vou virar o que vocês querem.
vocês podem morrer de tédio e de limpeza nos seus lençóis amaciados com comfort.
eu vou continuar tentando ganhar um dinheiro por aí e subindo e descendo a augusta sozinha de monzinha.
eu vou continuar chegando em casa decepcionada com a conversa do uisque que ficou só na minha cabeça e ouvindo a música triste que só eu gosto.
eu não vou desistir.
desculpem todos vocês.
eu vou ser a boêmia que meu pai não teve coragem de ser.
eu não vou ser a musicista que eu sonhei.
eu não vou vender meu piano enquanto meu ídolo continuar compondo.
eu vou esperar pela tragédia que ainda há de vir.
vou continuar espiando meus blogs em segredo pela madrugada.
sozinha ou não vou continuar escrevendo bobagens como essas sem esperar resposta.
assim como não respondo perguntas insistentementes perguntadas.
continuo minha vida pensando em minha velhice lembrando dos meus personagens míticos que morreram quando eu ainda era criança.
continuo vasculhando o que vocês andam fazendo por aí.
ouvindo o que vocês me deram por aí.
e rezando pra que vocês não morram pra eu continuar tendo o que ler.
pra descobrir aquele blues que ainda não ouvi.
pra pensar o dia inteiro naquela frase que ainda não conheci.
não desistam.
porque eu ainda não desisti.
eu nem li tudo que eu preciso sentir.
eu nem vivi tudo o que estar por vir.
eu nem chorei tudo o que mereço.
eu nem toquei tudo o que padeço.
eu nem vi tudo que conheço.

eu só sonhei desde o começo.

...

5 comentários:

Ânsiade disse...

Clap Clap Clap Clap, Clap Clap Clap Clap.






Around the world.

Ânsiade disse...

...e eu não bati o telefone, só respondi ao que vocÊ me perguntou e voltei a dormir.

bitter sweet disse...

uhuuuuuuuuuuuuuuuuu
o chivas do mundo é nosso...
devia ter me ligado. besta!.
eu tava dançando um minimaltrancéchno ali na curva da paulista com a rebouças!

liga amiga

eu não vou desistir
por mim por você
por todos nós!

ei disse...

eu estava aqui, mas não conto. :)

lowproflavia disse...

mentira marina...eu pensei tanto tava com medo de te acordare vc bombando na esquina de algum lugar.
essa semana vai ser chivas todo dia.
beggin.