terça-feira, 22 de abril de 2008

procura-se.

estou deprimida. grande novidade, o mundo está deprimido. estou cagando para o mundo. preciso de um emprego. cansei de ser freela. quero responsabilidades. quero desafios. hora pra entrar e pra sair. dinheiro garantido no final do mês. quero meu próprio negócio, mas como não tenho dinheiro aceito cuidar do negócio de um amigo. preciso mudar. estou com um desejo incontrolável de empacotar minhas coisas na barra funda e desempacotar na bela vista. quero morar em sin city. vou procurar apartamento hoje mesmo. todo mundo anseia por uma casa maior. eu quero uma menor. quero minha vida dentro de poucos cômodos. sala, cozinha, quarto e banheiro. quero tudo junto. tudo perto. vendi minhas pick-ups. quero uma vitrola pra ouvir meus discos velhos. não ouço música eletrônica em casa. passei da idade. quero aprender a cantar. quero sentar no piano e compor em vez de tocar sempre a mesma música da partitura. tenho saudade da nega regendo nossa orquestra de instrumentos imaginários. tenho saudade da turma do funil. quero conseguir acordar as 7 da manhã para o meu curso de designer gráfico que começa amanhã. se não conseguir vou ter que ir virada e acho que não vai ser nada bom. não faço cursos desde 98. estou excitadíssima. gosto de estudar. sou cdf. se tudo der errado na minha vida eu sumo no mundo e viro voluntária da boa vontade de alguma coisa. prá sumir no mundo preciso de lar para meus bichos. tenho muitos bichos. 2 são meus. 2 não eram mas viraram. está caro. está difícil. preciso de ajuda. não sei se tenho tanto amor assim pra dar. não sei se sou tão legal quando dizem por aí. estou irritada, assustada. chateada e sem paciência. velha e ranzinza. quero uma garrafa de chivas e uma de vinho do porto pra por no carrinho de bebidas que era da minha vó. preciso de um emprego. de tratar bem as pessoas. de servir. de organizar. de bater o ponto. abaixar a porta e ir pra casa feliz tomar uma dose antes de dormir.

...

3 comentários:

bitter sweet disse...

concordo em tudo.

agora devemos escolher entre o emprego de salário garantido ou uma mochila com coisas essenciais.

into the wild. (achei um site que dá para assistir no computador em casa mesmo)

e dá pra querer viver da terra e morrer no mato.

divido com você suas preocupações e medos e contas e falta de estabilidade e amor que nunca é pouco mas talvez não seja suficiente.

vem morar mais perto amiga.
sin city sorri até nos dias cinzas.

e eu sou uó mas faço uma sopinha luxuósa.

L&R

ei disse...

barquinho não temos (por enquanto), linda, mas será que uma viagem pela terra pacífica resolve essas preocupações? bem sei que a sin city é difícil de resistir...

Hematoma disse...

tem que ser passinho de formiguinha.

sei que pimenta no rabo dos outros é refresco, mas faço qualquer coisa pra te ver feliz!

se o baguíu apertar a gente expreme e se joga em qualquer kiti....sem medo! nós, a arca de noé e muitos discos que so tocam a noite.